26 Cuidado para quem?

PulsarCom

0:00
00:31:21
10
10

26 Cuidado para quem?

Como a economia do cuidado afeta a balança das injustiças sociais e de limitação de oportunidades de ser quem sonhamos? Para tratar de números e questões complexas o podcast de hoje vai trazer o olhar aprofundado de quem batalha pela diminuição das desigualdades de gênero e raça. Neste segundo episódio vamos ouvir Viviana Santiago, gerente de Gênero e Incidência Política Plan International Brasil. Também é coordenadora da Rede Meninas e Igualdade de Gênero RMIG

Ela nos ajuda a traduzir, ou dar cara, aos dados que mostram como essa estrutura que pouco percebemos atua perpetuando espaços de privilégios majoritariamente branco e masculino. Segundo a Organização Internacional do Trabalho - OIT, 2 bilhões de pessoas do mundo trabalham 8 horas por dia sem remuneração em trabalhos de cuidado. Se esses serviços fossem avaliados com base num salário mínimo, eles representariam 9% do PIB do mundo, ou 11 trilhões de dólares.

Episodes
Date
Duration
Recommended episodes :

Economia circular e retomada econômica

PulsarCom

27 Eu cuido, tu cuidas, ele...

PulsarCom

25 Economia do Cuidado

PulsarCom

The podcast PulsarCom has been added to your home screen.

Como a economia do cuidado afeta a balança das injustiças sociais e de limitação de oportunidades de ser quem sonhamos? Para tratar de números e questões complexas o podcast de hoje vai trazer o olhar aprofundado de quem batalha pela diminuição das desigualdades de gênero e raça. Neste segundo episódio vamos ouvir Viviana Santiago, gerente de Gênero e Incidência Política Plan International Brasil. Também é coordenadora da Rede Meninas e Igualdade de Gênero RMIG

Ela nos ajuda a traduzir, ou dar cara, aos dados que mostram como essa estrutura que pouco percebemos atua perpetuando espaços de privilégios majoritariamente branco e masculino. Segundo a Organização Internacional do Trabalho - OIT, 2 bilhões de pessoas do mundo trabalham 8 horas por dia sem remuneração em trabalhos de cuidado. Se esses serviços fossem avaliados com base num salário mínimo, eles representariam 9% do PIB do mundo, ou 11 trilhões de dólares.

Subscribe Install Share
PulsarCom

Thank you for your subscription

For a better experience, also consider installing the application.

Install